11
Fev 10

O maior sonho da minha vida, mais do que a Medicina, mais do que o ramo da Saúde...sempre foi conseguir ter uma família enorme!

Conseguir ter 3 filhos no mínimo. E ter a enorme responsabilidade de os educar.

Posso dizer que o meu grande objectivo de vida é ser uma boa mãe.


Contudo, estou desiludida com as crianças de hoje em dia. E mais que, isso preocupada. Preocupada a pensar na dificil tarefa que vai ser educar os meus filhos neste mundo.


Tive uma infância fantástica. Feliz, rodeada de pessoas lindas e de amigos únicos. Mas acima de tudo, tive uma grande educação. Uma educação em que a responsabilidade foi sempre uma constante.

Cresci a aprender a ser responsável: a ir à mercearia da rua comprar o pão e levar o troco certo para casa; ir levar recados e não me enganar no que ia dizer; chegava a casa, lanchava e ia fazer os trabalhos de casa, bem feitos, para depois, sim, ir brincar.

Sou do tempo de brincar às apanhadas, de ir andar de patins e de bicicleta com os meus vizinhos. E queria, num sonho muito meu, dar isso também aos meus fihos. Apesar de neste momento,saber que isso é quase impossível.

Agora, vou exigir que sejam responsáveis. Que tenham a liberdade aliada à responsabilidade, porque só assim se cresce. Sempre tive a minha liberdade mas o peso da responsabilidade estava lá. Sabia que ao mínimo erro, assim que traísse a confiança, perdia-a.

 

As crianças de hoje são totalmente diferentes. O desenvolvimento ganho cada vez mais cedo, em vez de usado para uma aprendizagem melhor, para um ganho mais precoce de cultura, é utilizado para aprender a jogar Computador, a mexer em Telemóveis ou a jogar Playstation. E iso seri aútil se os jogos fossem didácticos. O problema é: as meninas só querem jogos de moda e maquilhagem e os meninos jogos de guerra e luta!

Afinal, que merd@ de geração se vai criar? Bichos que não sabem o que é brincar em conjunto e só sabem o significado de "TV", "PC". e "PS3"??

 

Não vou admitir falta de educação ou responsabilidade. Não vou. E não vou ter problemas nenhuns em dizer "Não!". Porque eu também ouvi muitos e foi isso que me fez dar valor ao que tinha e a lutar para conseguir o que desejava.

Não vou ter problemas em os pôr de castigo só para  os não ver chorar... talvez doa como mãe ver os meus filhos chorar, mas vale mais chorarem enquanto crianças para depois se tornarem em adultos responsáveis e educados.



Desculpem o desabafo. Do alto dos meus 19 anos estou bem longe de passar por uma gravidez. Contudo, estou mesmo desiludida.




/Lara/


o que foi rabiscadO...:
Nunca percas essa vontade de educar os teus filhotes dessa forma, pode ser difícil nos dias que hoje correm e com os hábitos de hoje mas não é impossível.
Dá para fazer um equilíbrio entre o ontem e o hoje e acredita que vale a pena todo o esforço…
Eu tenho dois filhos que tento educar da melhor forma que sei e que acho adequada… não é fácil mas muitas vezes tenho de dizer não… mas desde que este venha sempre acompanhado por uma boa explicação (sim porque eu acho que devemos explicar o porquê das nossas decisões) eles vão compreendendo.
Há um pensamento que tenho só para mim mas que hoje vou partilhar contigo… podes achar um pouco de convencimento da minha parte mas…
“cada vez que olho para os filhos dos outros mais gosto dos meus”

Beijinho grande
Sorrisoduplo a 11 de Fevereiro de 2010 às 13:45

Concordo plenamente com tudo o que disse...acho essencial explicar sempre a razão do "não" ou do "sim". acho que tudo muito bem explicado de forma a que eles percebam, apesar de eles não quererem aceitar, vão ficar a pensar no assunto. E é isso que os fará crescer.

beijinho enorme*
Lara a 11 de Fevereiro de 2010 às 21:42

Olá Lara!
Também me preocupa bastante esta geração. Tenho uma filha com 15 anos e faço os possiveis para lhe passar valores correctos: educação e respeito pelos outros. Confio nela a nivel de valores monetarios e outras situações e dou graças por termos uma boa relação. Concordo perfeitamente com o que dizes, porque dou por mim muitas vezes a pensar o que vai ser o futuro com miudos que não sabem o significado de humildade. Para eles é só querer! Neste campo culpo inteiramente os pais. Não percas os teus valores e essa tua maneira de pensar. Só assim é que poderemos criar uma geração melhor.
Tudo de bom!
Genny a 11 de Fevereiro de 2010 às 13:54

É completamente verdade! tambéma cho que são os pais que têm culpa da maioria dos actos dos garotos de hoje em dia, nomeadamente dos valores que eles seguem: o egoísmo, a vaidade e a má educação são uma constante. E isto para mim é impensável.

Beijinho enorme*
Lara a 11 de Fevereiro de 2010 às 21:43

Concordo contigo, eu vou ser um pouco má com os meus filhos, mas não me importa, querem ps depois de ir praticarem algum desporto e só durante um x tempo, não quero os meus filhos vciados nas tecnologias...
S a 11 de Fevereiro de 2010 às 20:27

eu também penso assim ;)
Lara a 11 de Fevereiro de 2010 às 21:44

bem cada pai cuida do seu filho como sabe e como pode, esta nas maos de cada um...
é claro q é preciso disciplina e mt trabalho, por acaso o meu sonho sempre foi seguir c.farmaceuticas, essas cenas de ser mae, familia sempre deixei isso para 3ºplano e até ás vezes o proprio amor tbm*

bj
Açucena a 12 de Fevereiro de 2010 às 15:53

claro..cada um educa o seu como quer...esta é apenas a minha opinião... :)**
Lara a 12 de Fevereiro de 2010 às 17:01

com 19 anos a ultima coisa q penso é em ter filhos, nao sou a miuda tradicional q pensa ter filhos, alias nao tenho paciencia pra miudos loool
deve ser da idade isto depois passa LOL
Menina_Borboleta a 21 de Março de 2010 às 20:29

Olá!
É verdade. Eu tenho mais 10 anos e sem filhos. Também fico meia parva quando vejo as crianças de hoje. Os pais só os mimam de forma material, dão-lhes tudo menos educação, carinho e amor. Noutro dia, andei à procura de um jogo didáctico para oferecer ao filho de 6 anos de 1 amiga,claro que em PS2 porque eles agora todos só ligam a isso.Resultado: Nao encontrei. O Buzz é para crianças mais crescidos e não é assim tão didáctico. Então, resolvi comprar um jogo didáctivo mesmo de formar palavras, daqueles que a família se reúne á volta da mesa e todos jogam :) Ele gostou :)

Jocas gordas
Lena

P.S.:Aproveito e deixo um convite: participe na Blogagem de Abril do blogue www.aldeiadaminhavida.blogspot.com. O tema é: “Páscoa na minha Aldeia”. Basta enviar um texto máximo 25 linhas e 1 foto para aminhaldeia@sapo.pt (+ título e link do respectivo blog) até dia 8 de Abril. Participe. Haverá boa convivência e possíveis prémios (veja mais dia 29/03 no blog da Aldeia)!
Lena a 24 de Março de 2010 às 15:38

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


Nós...
Daisypath Anniversary Years Ticker
quanTos me viSitam* xD
Free Web Counters
Free Counter
o que queRes descObrir?!
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

xD
Os Posts mais rabiscados*
22 comentários
21 comentários
14 comentários
13 comentários
11 comentários
10 comentários
10 comentários
10 comentários
9 comentários
9 comentários
blogs SAPO