29
Jun 10

"Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

 

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

 

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

 

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar"

 

 

 

Ao som desta música reflicto. Sobre o que tenho. Sobre o que quero. Sobre o que posso perder.

E sim, eu sei que não devemos deixar que o medo se apodere de nós e nos impeça de ser felizes pelo receio.

Mas sim, tenho medo. Muito medo. Medo de os perder. Aqueles que são tão essenciais para mim. Não sei de que forma irei aguentar quando tiver que enfrentar uessa situação outra vez....

Já o tive de fazer, há oito anos atrás. E posso dizer que foi o pior dia da minha vida. Não sei se estou preparada para que isso aconteça de novo.

E o M....sei que é o tal. Não me perguntem como, não me digam que aos 20anos não sei.... porque eu simplesmente sinto.

Sinto que todo este amor é único. Que realmente o guardei para ele, que é exclusivo...seja isso bom ou mau.

 

Sinto que serei sempre dele.

 

 

/Lara/

rabiscado por Lara às 00:06
neste momento....: Nando Reis e Ana Cañas - "Pra Você guardei o amor"

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24

27
28


Nós...
Daisypath Anniversary Years Ticker
quanTos me viSitam* xD
Free Web Counters
Free Counter
o que queRes descObrir?!
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

xD
Os Posts mais rabiscados*
22 comentários
21 comentários
14 comentários
13 comentários
11 comentários
10 comentários
10 comentários
10 comentários
9 comentários
9 comentários
blogs SAPO