09
Set 09

Sou uma pessoa sensível. Já fui mais, mas continuo a ser imenso. E sei que isso me traz mais desgostos que alegrias.

Sou uma pessoa extremamente teimosa. Quando decido que quero algo, não paro até o conseguir; foi assim quando decidi que iria ter 20 a português, ou quando escrevemos o "Para Sempre...Talvez Não.". Mas também sei que pode ser um defeito quando esta teimosia se torna chata ao ponto de querer tudo no momento.

 

Apesar de tudo, sou uma pessoa consciente do que sou, do que represento, dos meus defeitos e das minhas qualidades. E só queria que eles também o soubessem. Era a úncia coisa que lhes pedia: que me conhecessem.

 

Mas não conhecem. Criticam-me, magoam-me, julgam-me. Acusam-me de ser egoísta, de pensar só em mim, de ser materialista.

E eu sei que não sou. Não sou nada disso. E qualquer pessoa que me conheça minimamente sabe isso. Sabe que penso primeiro nos outros, depois nos outros e só depois em mim. Que dou aos outros primeiro e só depois é que peço para mim. Mas eles não sabem.

Não me conhecem. E magoam-me. E querem que eu mude para uma pessoa que já sou, mas que eles não vêem.

 

Vou mudar. Vou matar esta pessoa que eles julgam ser horrivel. E tornar-me numa bem pior.

 

 

/Lara/


18
Nov 08

"Save me
from this sadness it's coming
or take me
before my smile it's dissolving
wake me
from this nightmare i'm entering"

 

 

 

Quando pensava que finalmente tinha encontrado o meu ponto de equilíbrio, que finalmente conseguia conciliar tudo e ser "feliz"...

Voltou a caír o pano.

Não sei se tenho forças para lutar e (re)começar tudo. Sinto-me triste. Sinto-me quase sozinha. E digo quase porque sei que o meu anjo não me deixa...

Afinal, não sentem a minha falta. Não querem estar comigo. Para que me esforço então?

Não queria isto....mas não sei se aguento mais.

/Lara/

rabiscado por Lara às 21:16
um pOuco: perdida
neste momento....: Picture of My Own...

16
Ago 08

Iludida...

Pensava que éramOs fortes...que iríamOs ultrapassar...que seríamos felizes.

Agora, já não tenho certeza de nada. nem de quem sou.

 

 

"Never opened myself this way
Life is ours, we live it our way
All these words I don't just say
And nothing else matters"

 

 

 

/Lara/


15
Abr 08

"Em cada gesto perdido

Tu és igual a mim

Em cada ferida que sara

Escondida do mundo

Eu sou igual a ti


Fazes pinturas de guerra

Que eu não sei apagar

Pintas o sol da cor da terra

E a lua da cor do mar


Em cada grito da alma

Eu sou igual a ti

De cada vez que um olhar

Te alucina e te prende

Tu és igual a mim


Fazes pinturas de sonhos

Pintas o sol na minha mão

E és mistura de vento e lama

Entre os luares perdidos no chão


Em cada noite sem rumo

Tu és igual a mim

De cada vez que procuro

Preciso um abrigo

Eu sou igual a ti


Faço pinturas de guerra

Que eu não sei apagar

E pinto a lua da cor da terra

E o sol da cor do mar


Em cada grito afundado

Eu sou igual a ti

De cada vez que a tremura

Desata o desejo

Tu és igual a mim


Faço pinturas de sonhos

E pinto a lua na tua mão

Misturo o vento e a lama

Piso os luares perdidos no chão"

 

 

 

sintO o pesO da responsabilidade. e da desilusão.


rabiscado por Lara às 21:51
um pOuco: desiludida
neste momento....: a própria

04
Abr 08

Dia deCisivO...bah...


hOje perCebi que muDaste reaLmente...e não fOi para melhOr...não percebO o porquê de te teRes tOrnadO nisto...


"I'm sorry, i can't be perfect!"


\Lara\

rabiscado por Lara às 21:31
um pOuco: desiludida
neste momento....: Perfect

01
Abr 08

Desculpem...

 


desculpem não ser perfeita...

 


desculpem ser a maior desilusão para todas as pessoas que esperam mais de mim...que acreditam em mim...

 


mas não consigo mais.


13
Mar 08

Desilusão...tristeza...descrença...

 


Já não acredito que tudo possa vir a melhorar...já não acredito em (quase) ninguém...*

 


 


 

"Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém.

 

Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível:

 

com ele se entretém

 

e se julga intangível.

 


 

Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu,

 

sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito,

 

que o respirar de um só, mesmo que seja o meu,

 

não pesa num total que tende para infinito.

 


 

Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida

 

ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo,

 

nesta insignificância, gratuita e desvalida,

 

Universo sou eu, com nebulosas e tudo."

 


 

António  Gedeão, "Amostra Sem Valor"

 

 

                            


rabiscado por Lara às 22:33
um pOuco:
neste momento....: 5:19... Matt Wertz

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Nós...
Daisypath Anniversary Years Ticker
quanTos me viSitam* xD
Free Web Counters
Free Counter
o que queRes descObrir?!
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

xD
Os Posts mais rabiscados*
3 comentários
3 comentários
blogs SAPO