11
Fev 10

O maior sonho da minha vida, mais do que a Medicina, mais do que o ramo da Saúde...sempre foi conseguir ter uma família enorme!

Conseguir ter 3 filhos no mínimo. E ter a enorme responsabilidade de os educar.

Posso dizer que o meu grande objectivo de vida é ser uma boa mãe.


Contudo, estou desiludida com as crianças de hoje em dia. E mais que, isso preocupada. Preocupada a pensar na dificil tarefa que vai ser educar os meus filhos neste mundo.


Tive uma infância fantástica. Feliz, rodeada de pessoas lindas e de amigos únicos. Mas acima de tudo, tive uma grande educação. Uma educação em que a responsabilidade foi sempre uma constante.

Cresci a aprender a ser responsável: a ir à mercearia da rua comprar o pão e levar o troco certo para casa; ir levar recados e não me enganar no que ia dizer; chegava a casa, lanchava e ia fazer os trabalhos de casa, bem feitos, para depois, sim, ir brincar.

Sou do tempo de brincar às apanhadas, de ir andar de patins e de bicicleta com os meus vizinhos. E queria, num sonho muito meu, dar isso também aos meus fihos. Apesar de neste momento,saber que isso é quase impossível.

Agora, vou exigir que sejam responsáveis. Que tenham a liberdade aliada à responsabilidade, porque só assim se cresce. Sempre tive a minha liberdade mas o peso da responsabilidade estava lá. Sabia que ao mínimo erro, assim que traísse a confiança, perdia-a.

 

As crianças de hoje são totalmente diferentes. O desenvolvimento ganho cada vez mais cedo, em vez de usado para uma aprendizagem melhor, para um ganho mais precoce de cultura, é utilizado para aprender a jogar Computador, a mexer em Telemóveis ou a jogar Playstation. E iso seri aútil se os jogos fossem didácticos. O problema é: as meninas só querem jogos de moda e maquilhagem e os meninos jogos de guerra e luta!

Afinal, que merd@ de geração se vai criar? Bichos que não sabem o que é brincar em conjunto e só sabem o significado de "TV", "PC". e "PS3"??

 

Não vou admitir falta de educação ou responsabilidade. Não vou. E não vou ter problemas nenhuns em dizer "Não!". Porque eu também ouvi muitos e foi isso que me fez dar valor ao que tinha e a lutar para conseguir o que desejava.

Não vou ter problemas em os pôr de castigo só para  os não ver chorar... talvez doa como mãe ver os meus filhos chorar, mas vale mais chorarem enquanto crianças para depois se tornarem em adultos responsáveis e educados.



Desculpem o desabafo. Do alto dos meus 19 anos estou bem longe de passar por uma gravidez. Contudo, estou mesmo desiludida.




/Lara/


21
Jan 10

"Can't swallow our pride,
Neither of us wanna raise that flag, mhmm
If we can't surrender then we both gonna lose what we

had, oh no


Both hands tied behind my back with nothing
Oh no, these times when we climb so fast to fall again
I don't wanna fall for it now
I never meant to start a war
You know I'd never wanna hurt you
Don't even know what we're fighting for


Why does love always feel like a battlefield, a battlefield,

a battlefield?"

 


Guerra. Retaliação. Conflitos. É disto que o mundo está a ser feito...Passaram à história as gargalhadas das crianças, a amizade ou o amor. O que interessa é lutar...


Lutar por um novo cargo, lutar por um peça de roupa em saldos, lutar pelo(a) mesmo(a) homem/mulher...lutar pelo mesmo sonho. Lutar só porque sim.


E se parassem para pensar? Se pensassem que homens/mulheres há muitos, peças de roupa à a pontapé e cargos no trabalho aparecem quando menos esperamos???



Seria tudo tão mais fácil....

 

 

 

 

/Lara/


06
Jul 09

E pronto, quando eu já pensava que a estupidez aguda e a falta de percepção da realidade não podiam ser piores..... PASSAMOS UM DIA INTEIRO A OUVIR E VER E SEGUIR UM JOGADOR DE FUTEBOL!!!!!!


Sim, o Cristiano Ronaldo, lá do alto dos seus 24 anos, é um excelente jogador (pena na selecção...); sim, há poucos como ele. Mas sim, também a falta de humildade, o sentimento de poder e o egocentrismo são cada mais evidentes. Foi estrela muito repentinamente, não teve tempo para saborear as coisas, não teve tempo apra crescer. E a humildade foi ficando para trás. Já nem falo do que aconteceu em Lisboa há dias...

E hoje, 80 000 pessoas foram para o Santiago Barnabéu ver o Cristiano Ronaldo com o equipamento do Real Madrid, a dar uma volta de honra ao estádio, a pousar para todos os fotógrafos e mais alguns...e, pior que tudo isto, a falar uma língua que não existe. Não foi espanhol, muito menos português. Nem ao brasileiro se assemelhava. Aquilo não foi nada. E não entendo qual é o problema de falar em Português, é a lingua dele m****! E quando não se sabe o que se está a fazer, vale mais estar-se quieto. Foi cada calinada...

A Sic, que nem costumava ser muito destes pseudo-romances, esteve numa emissão especial a mostrar tudo o que o rapaz fazia: quando entreou num avião PARTICULAR, quando chegou nesse mesmo avião, quando doi fazer exames médicos, quando assinou o contrato...


Neste mundo cada vez pior, não haverá assuntos mais interessantes para falar????????? Que tristeza. Não digo que não me sinto orgulhosa por um português chegar onde ele chegou, mas é a vida dele e, infelizmente, isso não nos traz dinheiro, saúde ou qualquer outra coisa.


Humpf....estou esgotada.




By the way, entalei-me e a unha está completamente negra; conclusão: vai caír e não consigo escrever, nem no telemóvel, nem à  mão (e ao pc sabe Deus à quanto estou a escrever só com a esquerda e dois dedos da direita), uma vez qu enão dobro o dedo...só a mim...




/Lara/


15
Out 08

Um mundo diferente.

Cheiros, cores, estilos, ruas, pessoas...tudo é diferente. Nem melhor nem pior...apenas estranho.

Consigo sentir no ar o stress que tanto caracteriza "esta" gente. O querer chegar mais rápido, o querer fazer tudo ao mesmo tempo. Tecnicamente improvável...humanamente impossível.


e sonho.


Voo pelos meus pensamentos e lembro-me. Lembro-me do meu mundo. Aquele em que a calma e o "respirar" são possíveis. Aquele que me acolhe de braços abertos sempre que preciso. Aquele que é o meu.

Não sei o que sinto por este novo mundo. Não o adoro. Não o detesto.


E as saudades do outro, aquele meu mundinho tão pequenino mas tão reconfortante, são mais que muitas.


O amor? Está lá...à minha espera, como sempre fez. Eu também espero por ele, como sempre fiz. Porque o amor é assim. De igual para igual. Para sempre.

<3





/Lara/

rabiscado por Lara às 13:53
um pOuco: com saudades...
neste momento....: In my place

24
Jul 07

Depois de um novo ar ter entrado dentro de mim, aqui estou eu pronta para enfrentar mais um ano...

Apesar de terem sido apenas dois dias, os ares do Porto(a cidade Invicta) revitalizaram-me a alma e a mente...Mas outra coisa não seria de esperar de uma cidade acolhedora e fascinante como ela é...

Lá do cimo da Torre dos Clérigos pude constatar que anda toda a gente muito ocupada com a sua vida e que se esquece que os outros também têm problemas...

                 Vamos ver o mundo com outros olhos?

 

 

                                                            

rabiscado por Lara às 14:39
neste momento....: When you're gone...
tags:

28
Mai 07

 

O que eu queria que o mundo fosse...uma utopia...Contudo, talvez me fartasse de não ter problemas para resolver... Como alguém uma vez disse, "O mundo não é perfeito, mas podemos chegar lá perto..."

Stress está a apoderar-se de mim! Os exames estão aí...Depois de um ano a estudar para os testes, tenho que estudar para os exames...Positivo...

Boa sOrte para tOdOs...

 

                           

rabiscado por Lara às 10:52
neste momento....: Hurt
um pOuco:

04
Mai 07

Se todos fossemos tolerantes e aceitássemos as diferenças dos outros como uma forma de novo conhecimento e de novas aprendizagens, o mundo seria um lugar diferente, onde todos teríamos um papel diferente e importante...Mas se isto conseguisse impor-se ao dinheiro, ao orgulho e à superioridade da maioria das pessoas, o mundo seria uma utopia...E as utopias não existem....

Contudo, um mundo melhOr não fazia mal a ninguém...


Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


o que queRes descObrir?!
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os Posts mais rabiscados*
10 comentários
4 comentários
1 cometário
blogs SAPO